SANTA ROSA DE LIMA – Gente humilde…

A Santa Rosa de Lima

Letra: João de Araujo

Música: Ir. Miria T. Kolling


Gente humilde chamou-te de Rosa E tu eras de fato uma flor; Mesmo sendo, assim, pois, tão formosa, Não deixaste os caminhos de dor. Desejado era o teu teu sofrimento, Tão difícil de ao mundo explicar, Não havendo na pátria convento, teu convento, então foi o teu lar! Santa Rosa de Lima este chão te bendiz, Padroeira da América e da pátria feliz! Mas de povos distantes, Padroeira também, Assim, roga por todos , dando graças, amém! 2- Vida austera a ti mesmo impuseste, de Domingos seguindo o fervor , terciária do amor te fizeste, mais querendo servir o Senhor! Co' a família, em extrema pobreza Foste ao campo trabalho buscar, E nos passos de tanta aspereza, Mais ainda aprendeste a lutar! Santa Rosa de Lima este chão te bendiz, Padroeira da América e da pátria feliz! Mas de povos distantes, Padroeira também, Assim, roga por todos , dando graças, amém! 3- Sempre a festa de teu Santo Amado, Tu passavas em viva oração , e teu sonho no céu foi lembrado, nela, pois, morrerias então! Deste chão, tão feliz - Novo Mundo - És a santa primeira do altar, e mil povos, no ardor tão profundo, Este canto hoje vêm te entoar!