Cindy Ferrarezi - CAMPANHA DA FRATERNIDADE - HINO - Hino à São Bento, Abade – Legislador, doutor prudente

Hino à São Bento, Abade – Legislador, doutor prudente

São Bento, Abade

11 de julho

 

São Bento nasceu em Núrcia, na Úmbria (Itália), próximo de Roma, por volta do ano 480, numa nobre família que o enviou para estudar na Cidade Eterna, no período de decadência do Império.

Chamado Pai dos Monges do Ocidente, viveu suas experiências místicas de amor a Deus e total adesão a Cristo sobre os montes italianos de Subiaco, na região da Úmbria, e depois no Monte Cassino, a sudeste de Roma.

Sua imagem o apresenta com o báculo e a Mitra, pois era abade (Abade vem de “Abbá”, que significa pai) ; com um livro, pois foi ele a redigir a primeira regra monástica no Ocidente. Aos pés vê-se um pássaro com um pão em seu bico, para recordar que São Bento foi protegido por Deus de um terrível assassinato, por meio de um corvo que tomou de suas mãos o pão envenenado.

A Regra Beneditina, devido a sua eficácia de inspiração que formava cristãos santos por meio do seguimento dos ensinamentos de Jesus e da prática dos Mandamentos e conselhos evangélicos, logo encantou e dominou a Europa, iluminados com o lema: “Ora et labora” (Reze e Trabalhe).

Para São Bento, a vida comunitária facilitaria a vivência da Regra, pois dela depende o total equilíbrio psicológico; desta maneira, os inúmeros mosteiros, que enriqueceram o Cristianismo no Ocidente, tornaram-se faróis de evangelização, ciência, escolas de agricultura, entre outras, isso até mesmo depois de São Bento ter entrado no céu com 67 anos.

A liturgia da Igreja celebra a festa de São Bento aos 11 de julho.

São Bento, rogai por nós!

 

Hino à São Bento, Abade

Letra: Laudes Liturgia das Horas

Melodia: Cindy Ferrarezi

 

Legislador, doutor prudente e venerável, que sobre o mundo em altos méritos brilhais, vinde de novo, ó São Bento, completá-lo, com a fulgente luz de Cristo o clareai. Por vós floriu algo de novo, admirável, unindo os povos em real fraternidade. Artista e mestre em decifrar as leis sagradas, fazei cumpri-las com igual suavidade. Livres e escravos, através da nova regra, fazeis discípulos de Jesus pela oração. E o trabalho, sustentado pela prece, uniu a todos em um mesmo coração. Guia fraterno, auxiliai todos os povos a trabalharem, se ajudando mutuamente na construção da paz feliz e dos seus frutos, usufruindo dos seus dons eternamente. Glória a Deus Pai e a seu Filho Unigênito, e honra à Chama do divino Resplendor, de cuja graça e glória eterna vós fizestes razão primeira e objeto de louvor.

Escreva um elogio ou uma sugestão.