CÂNTICO DE MARIA – Magnificat

CÂNTICO DE MARIA – Magnificat

 

Cântico de Maria - Magnificat

inspirado (Lc1, 39-56)                                   composição: Cindy Ferrarezi



Ao visitar Isabel, Maria a saudou A criança ouviu e pulou no ventre de sua mãe Isabel, cheia do Espírito Santo, exclamou: "Bendita és tu entre as mulheres e bendito é o fruto do teu ventre!" Como posso merecer, que a mãe do meu Senhor venha me visitar? Bem-aventurada aquela que acreditou, porque será cumprido, o que o Senhor lhe prometeu". "A minh'alma engrandece o Senhor, e se alegrou o meu espírito em Deus, meu Salvador, pois, Ele viu a pequenez de sua serva, eis que agora as gerações hão de chamar-me de bendita O Poderoso fez por mim maravilhas Santo é o seu nome! Santo é o seu nome! De geração em geração, seu amor chega a todos que o respeitam. Demonstrou o poder de seu braço, dispersou os orgulhosos. Derrubou os poderosos de seus tronos e os humildes exaltou. De bens saciou os famintos despediu, sem nada, os ricos. Acolheu Israel, seu servidor, fiel ao seu amor, como havia prometido aos nossos pais, em favor de Abraão e de seus filhos, pra sempre". Maria ficou três meses com Isabel; depois voltou para casa.