Cindy Ferrarezi REPERTÓRIO para MISSA MÚSICAS PARA A MISSA – QUARTA-FEIRA DE CINZAS

MÚSICAS PARA A MISSA – QUARTA-FEIRA DE CINZAS

SUGESTÃO DE REPERTÓRIO

QUARTA-FEIRA DE CINZAS

O Canto e a Música no tempo Quaresmal

 

Eurivaldo Silva Ferreira

O Concílio Vaticano II reforçou que ‘a tradição musical da Igreja é um tesouro de inestimável valor, que excede todas as outras expressões de arte, sobretudo porque o canto sagrado, intimamente unido ao texto, constitui parte necessária ou integrante da Liturgia solene’.

Neste sentido, a música litúrgica cumprirá sua função quanto mais estiver intimamente unida à ação litúrgica, ou seja, o rito.

O número 112 da Sacrosanctum Concilium [SC] afirma que “a música na liturgia tem função privilegiada quando ela, ligada intimamente à ação litúrgica, exprime mais suavemente a oração, favorece a unanimidade e dá maior solenidade aos ritos sagrados”.

O canto, com uma melodia eficaz e uma poesia consistente e qualitativa, é capaz de exprimir a alegria do coração que vibra, ao ressaltar a importância da celebração, solenizando-a (Dies Domini, João Paulo II).

ENTRADA: Acolhe, ó Deus, o nosso canto (CF 2020)

Letra: Frei Telles Ramon, O. de M.

Música: Daniel De Angeles

Refrão:

      Em         D                  Em

Acolhe, ó Deus, o nosso canto!

                D                   G   E7

Escuta, pois, nosso clamor.

   Am         B7                 Em      C

Vê quanta dor, quanto pranto

                        G         Bm    Em   Am  

que o nosso pecado provocou.

             C                       Bm  Em   Am

Por teu amor, tem misericór  dia!

             C                        D     Em

Por teu amor, tem misericór   dia!

1.

     C               D        G

Voltai, agora, para mim

Am                     Bm   Em

com coração arrependido.

      C        D        G   

Rasgai, não as vestes,

 Am                         Bm     Em

mas o coração, diz o Senhor! (Jl. 2,12-13)

2.

Se o ímpio se arrepender

dos pecados cometidos

e praticar a justiça,

na certeza viverá, diz o Senhor! (Ez. 18, 21)

3.

Lavai-vos, purificai-vos,

tirai a maldade de vossas ações.

Aprendei a fazer o bem,

procurai o que é certo, diz o Senhor! (Is. 1, 16-17b)

No Senhor está a misericórdia

Letra: Marco Campos

inspirado no salmo 129(130)

Música: Ir. Miria T. Kolling

E4                 Am Dm        C          Dm      Am     B         E7

No Senhor está a misericórdia, graça plena e redenção

E4                 Am Dm        C          Dm      Am      E7      Am

No Senhor está a misericórdia, graça plena e redenção

1.

Am Dm/G   C                      G7           C       Am

Ó Se – nhor sempre ouviste o clamor

           F                    E7   A7/C#

E escutaste o meu grito!

         Dm                             Em          Am

Socorreste o meu corpo quando em dor

          F   Dm  E7

Eu esta – va aflito

2.

Am            Dm/G          C                    G7  C    Am

Se elencasses, Senhor, os meus pecados,

        F                    E7   A7/C#

Eu jamais me salvaria!

               Dm                   Em       Am

Mas teu grande amor os põe de lado,

        F     Dm   E7

E refaz o meu dia!

3.

Am     Dm/G     C          G7    C       Am

Só por ti, confiante, eu aguardo,

         F                    E7   A7/C#

Pela tua imensa ajuda!

           Dm             Em                Am

Se eu cair ante o peso do meu fardo,

            F   Dm          E7

Que a tua mão me acuda!

4.

Am            Dm/G         C                G7    C       Am

Ponho em ti, ó Senhor, minha esperança,

           F          E7   A7/C#

Pois é justo e fiel!

         Dm                       Em          Am

Me darás a salvação qual uma herança,

              F     Dm   E7

Como agiste co’ Israel.

Senhor, Eis Aqui o Teu Povo

Composição de: José Raimundo Galvão

[Refrão]

       Em            D            Em

Senhor, eis aqui o teu povo

G             C             B7

Que vem implorar teu perdão

Am         B7       Em

É grande o nosso pecado

C           B7                Em

Porém é maior o teu coração

       Em                  C

Sabendo que acolheste

B7            Em

Zaqueu, o cobrador

Am                                E7            Am

E assim lhe devolveste tua paz e teu amor

B7                 Em           B7                 Em

Também, nos colocamos ao lado dos que vão

Am             Em      F#             B7

Buscar no teu altar a graça do perdão

[Refrão]

    Em                   C

Revendo em Madalena

B7              Em

A nossa própria fé

Am                           E7               Am

Chorando nossas penas diante dos teus pés

B7                     Em

Também, nós desejamos

B7              Em

O nosso amor te dar

Am                   Em          F#       B  B7

Porque só muito amor nos pode libertar

[Refrão]

Em               C          B7         Em

Motivos temos nós de sempre confiar

Am                            E7             Am

De erguer a nossa voz, de não desesperar

B7                 Em

Olhando aquele gesto

B7               Em

Que o bom ladrão salvou

Am                    Em

Não foi, também, por nós

F#                 B   B7

Teu sangue que jorrou?

[Refrão]

ATO PENITENCIAL: não tem, ele é substituído pela benção e imposição das cinzas.

 

HINO DE LOUVOR: Segundo a Instrução Geral do Missal Romano, n. 53, o hino de louvor “é cantado ou recitado aos domingos, exceto no tempo do Advento e da Quaresma, nas solenidades e festas e, ainda, em celebrações especiais mais solenes.” No período que vai da Quarta-feira de Cinzas até a Missa do Crisma, omite-se o canto da glória nas celebrações eucarísticas e da Palavra, exceto se tiver alguma solenidade, como a de São José, no dia 19 de março, ou a Anunciação, no dia 25 de março. Ele reaparece na Celebração Vespertina da Ceia do Senhor, na quinta-feira Santa, é omitido novamente na Sexta-feira da Paixão, e é entoado com todo o esplendor na Vigília Pascal para proclamar as maravilhas da Ressurreição.

 

 

  O canto do Salmo responsorial constitui um comentário lírico-poético da primeira leitura. Ocupa um espaço significativo como resposta por dois motivos: porque é escolhido para responder à Palavra de Deus proclamada, sendo a própria Palavra, e prolongando, assim, seu sentido teológico-litúrgico e espiritual.      Este prolongamento vai se dando enquanto o(a) salmista entoa as estrofes como solista e a assembleia repete o mesmo refrão, num uníssono.7 É por isso que é chamado de responsorial. É um canto sem “malabarismos” melódicos; contudo, seja entoado ao ritmo da palavra e da poesia, “cantilado”. Não pode ser omitido, haja sempre a forma cantada ou proclamada. Pelo canto do salmo e pelo silêncio, o povo se apropria dessa Palavra de Deus e a ela adere pela profissão de fé. O canto favorece a compreensão do sentido espiritual do salmo e contribui para sua interiorização. 

 Eurivaldo Silva Ferreira

 

SALMO: Salmo 50 (51)

E7          Am  A7  Dm         Gm    C7      F

     Misericó – or – dia, ó Senhor, pois pecamos.


Dm                                                     Gm
Tende piedade, ó meu Deus, misericórdia! *

C                                                       F
Na imensidão de vosso amor, purificai-me!

Dm                                      Gm
Lavai-me todo inteiro do pecado, *

Gm                                        A7      Dm
e apagai completamente a minha culpa!


Dm                                               Gm
Eu reconheço toda a minha iniqüidade,*

C                                                          F
o meu pecado está sempre à minha frente.
Dm                                                             Gm
Foi contra vós, só contra vós, que eu pequei,*
Gm                                        A7      Dm
pratiquei o que é mau aos vossos olhos!


Dm                                                   Gm
Criai em mim um coração que seja puro,*
C                                               F
dai-me de novo um espírito decidido.
Dm                                                     Gm
Ó Senhor, não me afasteis de vossa face,*

Gm                                          A7        Dm
nem retireis de mim o vosso Santo Espírito!


Dm                                               Gm
Dai-me de novo a alegria de ser salvo*
C                                                   F
e confirmai-me com espírito generoso!

Dm                                                 Gm
Abri meus lábios, ó Senhor, para cantar,*
Gm                                    A7      Dm
e minha boca anunciará vosso louvor!

ACLAMAÇÃO:

 

  Pelo canto da Aclamação, a assembleia dos fiéis acolhe e saúda o Senhor, que lhe falará no Evangelho. Na Quaresma, omitindo-se a expressão “Aleluia”, este canto louva o Verbo de Deus, …Aquele que só tem a nos dizer “palavras de vida eterna” (cf. Jo 6,68).9 O solista ou o grupo de cantores entoa o versículo do domingo respectivo.

 

(Quarta-feira de Cinzas)

 

Jesus Cristo, sois bendito!

Letra: Lecionário Dominical

Música: Mauro Vialle Junior

 

             D                    G             A          G       D

Jesus Cristo, sois bendito, o Ungido de Deus Pai!

             D                    G             A          A7          D

Jesus Cristo, sois bendito, o Ungido de Deus Pai!

 

(Quarta-feira de Cinzas)

 

Bm                                                       A        

Hoje não endureçais os vossos corações,

Em                                A

mas ouvi a voz do Senhor!

ou

 

 

Bm                                        A        

Oxalá ouvísseis hoje a sua voz:

Em                                                      A

não fecheis os corações como em Meriba!

 

 

 

 

CANTO PARA IMPOSIÇÃO DAS CINZAS:

Pequei, Senhor, Misericórdia (CF2020)

 

      Eb         Cm  Fm     Gm      Cm

Pequei, Senhor, Misericó – or dia! (2x)

1-

                 Cm               Fm               Gm

Tende piedade, ó meu Deus, misericórdia!

                Cm                    Bb            Eb

Na imensidão de vosso amor, purificai-me!

   Gm                Cm            Gm

Lavai-me todo inteiro do pecado,

        Bb                  F                     Gm

e apagai completamente a minha culpa!

2-

Eu reconheço toda a minha iniquidade,

o meu pecado está sempre à minha frente.

Foi contra vós, só contra vós, que eu pequei,

e pratiquei o que é mau aos vossos olhos!

3-

Mostrais assim quanto sois justo na sentença,

e quanto é reto o julgamento que fazeis

Vede, Senhor, que eu nasci na iniquidade,

e pecador já minha mãe me concedeu.

4-

Mas vós amais os corações que são sinceros,

na intimidade me ensinais sabedoria.

Aspergi-me e serei puro do pecado,

e mais branco do que a neve ficarei.

5-

Fazei-me ouvir cantos de festa e de alegria

e exultarão estes meus ossos que esmagastes.

Desviai o vosso olhar dos meus pecados

e apagai todas as minhas transgressões!

6-

Criai em mim um coração que seja puro,

dai-me de novo um espírito decidido.

Ó Senhor, não me afasteis de vossa face,

nem retireis de mim o vosso Santo Espírito!

7-

Dai-me de novo a alegria de ser salvo

e confirmai-me com espírito generoso!

Ensinarei vosso caminho aos pecadores,

e para vós se voltarão os transviados.

8-

Da morte como pena, libertai-me,

e minha língua exaltará vossa justiça!

Abri meus lábios, ó Senhor, para cantar,

e minha boca anunciará vosso louvor!

9-

Pois não são de vosso agrado os sacrifícios,

e, se oferto um holocausto, o rejeitais.

Meu sacrifício é minha alma penitente,

não desprezeis um coração arrependido!

10-

Sede benigno com Sião, por vossa graça,

reconstruí Jerusalém e os seus muros!

E aceitareis o verdadeiro sacrifício,

os holocaustos e oblações em vosso altar!

 

 

 

Converter Ao Evangelho

Composição de: Josenildo Nunes De Oliveira

 

 1-

Dm              F                    Bb              F

Converter ao Evangelho,    Na palavra acreditar, (Mc 1,15)

Gm             A7                                         Dm

Caridade e penitência,    Quem as cinzas abraçar.

Gm                   A7                               Dm

Não esqueças: somos pó    e ao pó vamos voltar. (Gn 3, 19) ( 2x)

2-

Dm                 F             Bb                    F

Não as vestes, mas o peito    O Senhor manda rasgar.

Gm                A7                                Dm

“Jejuai, mudai de vida    Em sua face a chorar.” (Jl 2, 12-13)

Gm                   A7                               Dm

Não esqueças: somos pó    e ao pó vamos voltar. (Gn 3, 19) ( 2x)

3-

Dm                 F              Bb                  F

Quão bondoso é nosso Deus,    Inclinado a perdoar.

Gm                 A7                                        Dm

Quem dos males se arrepende,    Compaixão vai encontrar.

Gm                   A7                               Dm

Não esqueças: somos pó    e ao pó vamos voltar. (Gn 3, 19) ( 2x)

4-

Dm             F                    Bb          F

Chora e diz o sacerdote    Entre a porta e o altar: (Jl 2,17)

Gm               A7                                       Dm

“Pela vida do meu povo    Vão meus lábios suplicar.”

Gm                   A7                               Dm

Não esqueças: somos pó    e ao pó vamos voltar. (Gn 3, 19) ( 2x)

5-

Dm                  F                 Bb                       F

Convertei-vos, povo meu,    Do Senhor vamos lembrar. (Br 3,2)

Gm              A7                                  Dm

Eis o tempo prometido,    As ovelhas vem salvar. (Jo 10,27-30)

Gm                   A7                               Dm

Não esqueças: somos pó    e ao pó vamos voltar. (Gn 3, 19) ( 2x)

Convertei-vos e crede no evangelho

Letra e Música: Frei Luiz Turra

            D            Bm                  A

Convertei-vos e crede no Evangelho,

         D         G   D     A    D 

Eis o tempo favorá – a – vel (2x)

        F#m                  Bm             Em

  1. Tirarei de vós um coração de pedra,

        G                    A7                D

E porei em vós um coração de carne! (Ez 36,26)

2 – Dar-vos-ei o meu espírito de vida,

Mudarei a escravidão em liberdade! (Ez 37,14).

3 – Retomai de coração arrependido,

Porque Deus é compassivo e indulgente! (Jl 2,12-13)

Pecador, Agora É Tempo

1-

G                 Em               C7             D

Pecador, agora é tempo de pesar e de temor:

Am                       Bm                  C               G

serve a Deus despreza o mundo, já não sejas pecador! (2X)

2-

G                Em            C              D

Neste tempo sacrossanto o pecado faz horror:

Am                       Bm                  C             G

contemplando a cruz de Cristo, já não sejas pecador! (2X)

3-

G                    Em                       C                       D

Vais pecando, vais pecando, vais de horror em mais horror:

Am              Bm                 C             G

Filho, acorda dessa morte, já não sejas pecador! (2X)

4-

G                      Em                    C                      D

Passam meses, passam anos, sem que busques teu Senhor:

Am               Bm              C                G

Como um dia para o outro, assim morre o pecador! (2X)

5-

G               Em             C               D

Pecador arrependido, pobrezinho pecador,

Am             Bm                C                 G

Vem, abraça-te contrito com teu Pai, teu Criador! (2X)

6-

G              Em                 C                   D

Compaixão, misericórdia vos pedimos, Redentor:

Am                      Bm             C                            G

Pela Virgem, Mãe das dores, perdoai-nos, Deus de amor! (2X)

APRESENTAÇÃO DOS DONS: Criai Em Nós Um Coração

Composição de: Pe. Wallison Rodrigues

 

 

 

 

 

[Refrão]

                    Bm                E                  Bm

Criai em nós um coração que seja puro

                    D                      E                  Em    Bm

Dai-nos, Senhor, um coração mais confian  –  te

                          D           Em           Bm            Em    F#m    Bm

Ó Deus, lembrai-vos do vosso amor: misericó   –   or  –   dia!

1-

      Bm                      F#                 Bm

Escutai, ó Senhor Deus, minha oração

           G                 A7                        D

Atendei a minha prece, ao meu clamor

                 G                F#m          Bm

Porque sois o meu abrigo e fortaleza

          Em                G          F#

Sois a vida, sois amparo protetor

[Refrão]

2-

                 Bm             F#                       Bm

A minh’alma, ó Senhor, de vós tem sede

                 G                A7                D

Como a terra ressecada e sem água

              G              F#m              Bm

Concedei-me a alegria de ser salvo

                  Em             G                 F#

Perdoai-me toda culpa, toda mágoa

[Refrão]

3-

           Bm            F#                Bm

Esta terra, ó Senhor, favorecestes

             G               A7                    D

Perdoastes o pecado ao vosso povo

                  G               F#m                Bm

Vós sois bom, sois clemente, sois perdão

                       Em                            G                 F#

Vós sois, Senhor, o Deus de  amor a quem invoco

SANTO: Á ESCOLHA

CORDEIRO: Á ESCOLHA

 

COMUNHÃO: Agora o Tempo Se Cumpriu

 

 

Refrão:

                        E              C#m    F#                     B                     F#m   B

Agora, o tempo se cumpriu, o Reino já chegou,  irmãos, convertam-se

F#m                    B7                E

E creiam firmes no Evangelho!

1-

C#m                                     F#m      F#m7                                       B

Feliz aquele homem que não anda conforme os conselhos dos perversos

2-

C#m                                                 F#m

Quem não entra no caminho dos malvados

F#m7                                              B

nem junto aos zombadores vai sentar-se

3-

C#m                                              F#m

Mas encontra seu prazer na lei de Deus

F#m7                                       B

e a medita, dia e noite, sem cessar

4-

C#m                                             F#m

Eis que ele é semelhante a uma árvore

F#m7                                       B

que à beira da torrente está plantada

5-

C#m                                               F#m

Ela sempre dá seus frutos a seu tempo

F#m7                                          B

e jamais as suas folhas vão murchar

6-

C#m                                           F#m

Pois Deus vigia o caminho dos eleitos,

F#m7                                                    B

mas a estrada dos malvados leva à  morte

FINAL: Campanha da fraternidade 2020

Tema: Fraternidade e Vida: Dom e Compromisso

Lema: “Viu, sentiu compaixão e cuidou dele” (cf. Lc 10,33-34)

F#7               Bm                Em    F#7        Bm

Deus de amor e de ternura, contemplamos

D                    G      A              D

Este mundo tão bonito que nos deste

Em                     A               D

Desse dom, fonte da vida, recordamos

Em               G                    F#

Cuidadores, guardiões tu nos fizeste

Bm      B              B7                    Em

Peregrinos,   aprendemos nesta estrada

A              F#7               Bm   B7

O que o “bom samaritano” ensinou

Em                  F#7           Bm

Ao passar por uma vida ameaçada

C                   Bm      F#7     Bm

Ele a viu, compadeceu-se e cuidou

 

 2-

F#7       Bm                Em         F#7   Bm

Toda vida é um presente e é sagrada

D               G          A     D

Seja humana, vegetal ou animal

Em                  A                     D

É pra sempre ser cuidada e respeitada

Em                  G               F#

Desde o início até seu termo natural

3- 

F#7       Bm                         Em     F#7        Bm

Tua glória é o homem vivo, Deus da Vida

D                    G        A      D

Ver felizes os teus filhos, tuas filhas

Em             A                        D

É a justiça para todos, sem medida

Em                G                    F#

É formarmos, no amor, bela Família

4-

F#7            Bm                Em     F#7     Bm

Mata a vida o vírus torpe da ganância

D                    G          A           D

Da violência, da mentira e da ambição

Em                    A                     D

Mas também o preconceito, a intolerância

Em               G                    F#

O caminho é a justiça e conversão

4 comentários em “MÚSICAS PARA A MISSA – QUARTA-FEIRA DE CINZAS”

  1. Vanda Lucia

    Achei ótima a sugestão. Trabalho nas comunidades rurais de nossa paróquia e seguimos os cantos do folheto “o domingo”, mas devido a correria do dia a dia , muitos não tem tempo suficiente para o ensaio. Por isso é muito válido sua sugestão. Temos um grupo no watts de cantos litúrgicos e salmos, vou passar essas sugestões. Sou sua fã de carteirinha. Só recorro ao seu site para o salmo. Amamos as melodias da irmã Miria Kolling.

    1. valdineicindy

      Olá amiga Vanda Lucia!
      Fico muito feliz que as dicas estejam sendo úteis!
      Obrigada pelo carinho, pelo seu feedback!
      Deus abençoe seu trabalho, suas comunidades e todos os amantes das melodias da irmã Miria!!!
      Forte abraço!
      Fique com Deus!!!

  2. Antônio Ramos de Sousa

    Muito ótimo né? Alguns é conhecido os outros facilita muito pra jente aprender.

    1. valdineicindy

      Olá amigo Antonio!
      Fico feliz que tenha gostado!
      Obrigado pelo carinho, pelo seu feedback!
      Deus abençoe vc , seu ministério, sua comunidade!

Deixe um elogio ou uma sugestão.